segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Assinatura de contrato como proceder.

Vamos lá galera ...

Muita gente não entende que um contrato mesmo que assinado tem que ter equilibrio, que no ato de assinatura da aquisição de seu tão sonhado imóvel, há itens que passam batido, que passam despercebidos, que na euforia você nem dá tanta importância pois tem a plena certeza de que:
- ISSO NÃO VAI ACONTECER COMIGO!

Pois bem ... isso pode acontecer com você.

Foi o que aconteceu conosco, estavamos com as obras aceleradas, e a previsão era sempre Maio/2010, isso no meu caso.

Dicas de quem já passou por isso:

- Quando achar o imóvel ideal, que está dentro de seu orçamento e é o seu sonho de consumo, leve sempre no ato de assinar o contrato um advogado, contador, administrador, alguém de sua plena confiança para ler o contrato junto com você.

- Nunca confie plenamente na assessoria que eles te obrigam a aceitar, pois na hora que você mais precisar pode ter certeza que não vai ter essa assessoria, portanto sempre com um advogado de sua confiança, ou alguém que entenda do assunto, você não é obrigado a aceitar a acessoria deles, mas tenha certeza de que tudo que for necessário após a compra eles vão fazer para atrasar o seu lado caso você não aceite a fazer a assessoria indicada por eles.

- Leia atentamente e obrigue a mudar o contrato para que o mesmo fique em total equilíbrio, tanto para você futuro morador, quanto para o vendedor (construtora) quantas vezes se fizer necessário.
Analise todas as cláusulas do contrato, antes de assiná-lo, caso haja dúvidas, procure a orientação de um órgão de proteção ao consumidor ou de um advogado especializado. Somente realize o negócio com a intermediação de um corretor de imóveis devidamente inscrito no CRECI - Conselho Regional de Corretores de Imóveis;

- O contrato deve ter a qualificação e endereço das partes; nome e localização do empreendimento; número e data do registro; número, área útil e comum da unidade; preço, prazo, valor do sinal, forma e local de pagamento; taxas de juros de financiamento e de mora;

- Exija o Contrato de Compra e Venda, devidamente assinado pelas partes e por duas testemunhas;

- Após a assinatura pelas partes e testemunhas, registre o contrato no Cartório de Registro de Imóveis, para a efetiva garantia do negócio.

Nenhum comentário: