terça-feira, 28 de setembro de 2010

Família que paga mais aluguel recebe imóvel antes

Gisele Lobato
do Agora

As famílias com renda de até R$ 1.395 que gastam mais de 30% dos rendimentos mensais com o aluguel terão prioridade na distribuição de unidades do programa Minha Casa, Minha Vida na capital. O critério foi divulgado ontem pelo Conselho Municipal de Habitação.

A prefeitura vai priorizar ainda as famílias que possuam uma renda por pessoa inferior a meio salário mínimo e que tenham um pai cuidando sozinho dos filhos, segundo a resolução publicada ontem no "Diário Oficial" da Cidade.

De acordo com a Sehab (secretaria de Habitação), a escolha também será baseada em uma classificação por pontos cujas regras ainda serão definidas. Ao contrário das famílias que ganham entre R$ 1.395 e R$ 4.650 --que contratam seus imóveis diretamente com as construtoras e com a Caixa--, o público do programa com renda inferior precisa da intermediação da prefeitura.

Nenhum comentário: